Close

19 de outubro de 2020

O Consumidor quer contato digital com calor humano

Vivemos um momento de grande aceleração no varejo online. As restrições trazidas pelo coronavírus estimularam a transformação digital das empresas e impulsionaram o crescimento do digital e do omnichannel no dia a dia dos consumidores.

Essa aceleração exige novos comportamentos das marcas para acompanhar os leads de forma eficaz, realizar a integração com as lojas físicas e entender que algumas tendências já identificadas durante esta crise permanecerão.

O Fórum E-commerce Brasil 2020, realizado em julho, discutiu o presente e o futuro do setor. Destacamos os principais insights do evento, vale conferir!

Sem sair de casa, ou pelo menos com grandes restrições ao estilo de vida pré-crise, os consumidores abraçaram ainda mais os meios digitais. Para o varejo, essa tendência abre oportunidades para o Live Commerce, uma forma de unir entretenimento e compras.

Uma convergência de conteúdo, entretenimento e produtos, o Live Commerce oferece aos clientes novas formas de comprar e de interagir. Além de funcionar como uma demonstração dos produtos tem funcionado para divulgar a marca e para um atendimento mais consultivo. Nascido na China, o conceito ganhou o mundo durante a pandemia.

Outra tendência em expansão é o Conversational Commerce: o uso de dispositivos para estabelecer conversas com os consumidores. Plataformas como o WhatsApp, o Messenger e dispositivos de voz fazem com que as transações aconteçam na forma de diálogos e ganhem espaço na vida cotidiana.

Para recriar, no online, a experiência de uma loja física, com o engajamento dos clientes e a qualidade do atendimento pessoal, boas estratégias de E-mail Marketing também têm feito a diferença para estimular a reconexão com o consumo e entre as pessoas, mesmo diante do distanciamento social.

A vantagem logística de comprar produtos de qualquer lugar e receber em questão de horas, além da possibilidade de comparar preços atraíram clientes incertos sobre a segurança de ir às ruas ou que simplesmente não tinham opção de comprar em lojas físicas.

Empresas que se tornam digitais utilizando suas lojas físicas como parte da jornada on-line têm crescido mais ainda. Para isso, existem sistemas que facilitam a integração do e-commerce com suas lojas físicas para aumentar sua conversão, otimizar a logística, recuperar vendas perdidas aumentar a satisfação dos clientes.

O digital também se torna importante para o pós-venda, uma vez que o consumidor que teve uma boa experiência online irá incorporar o digital em suas compras.

A digitalização dos negócios aumenta exponencialmente a quantidade de dados disponíveis para a tomada de decisões, mas é preciso sempre lembrar que, os insights surgem quando se entende o sentimento das pessoas.

Portanto, é preciso usar os dados para analisar os seres humanos e a tecnologia traz contribuições para as ações das pessoas que nem imaginávamos. Sistemas de gestão, como um CRM de vendas, ajudam a entender os sentimentos dos clientes e também o que interessa para eles.

Os algoritmos podem auxiliar em diferentes processos do seu negócio e, principalmente, fazer com que sua empresa venda mais.

Quer saber como a Syonet pode ajudar o seu negócio?